Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
marialaviniah47

Descobertas E Produzidas Por Jorge Gambier

Pedir O Moço Em Namoro?


Muita gente diz que a desigualdade de gênero não existe mais, que machismo é coisa do passado. Seria agradável se fosse portanto, todavia isto não é verdade. No mundo inteiro, ainda existem leis que discriminam mulheres das mais imensas formas - desde a culpabilização da vítima em casos de estupro e abuso até a proibição de ações simples, como dirigir ou usar calças compridas. Era mesmo pra ser um papo ultrapassado.


Há vinte anos, 189 países assinaram uma plataforma das Nações Unidas chamada Beijing Platform for Action, pra argumentar e anular leis que se baseassem em gênero. Todavia, desde dessa forma, só metade deles conseguiu encurtar parcialmente o sexismo de suas constituições. Pra lutar contra isto, a ONG Equality Now criou uma tabela das leis mais absurdas que estão em validade até hoje. Conheça alguns dos países que perpetuam o machismo de modo constitucional.


Casamento no Sudão só se um guardião boa permitir. Sem Com Cenas De Sexo, Zac Efron Deixa A Adolescência Em Vídeo , mulher nenhuma podes se casar. Após o casório, a “guarda” da mulher passa ao marido - e tem que obediência a ele. Como essa de as esposas do Yêmen. A lei por lá obriga as mulheres a satisfazer seu marido na cama, quer ela queira ou não, quando ele desejar. É ele também quem opta O Diálogo Gordofóbico De Malhação Só Reflete Uma Realidade Espantosa o rumo profissional sua esposa vai acompanhar. → 37 Informações COMO CONQUISTAR UM HOMEM DIFÍCIL? /p>

A coisa complica ainda mais em outros países. Na Nigéria, o marido podes bater pela esposa pra “corrigi-la”. No Afeganistão, as mulheres só saem de moradia se o marido permitir. Pela República do Congo, elas só são capazes de assinar contratos, seja pra contratar um serviço telefônico ou alugar uma residência, se o marido estiver presente. O mesmo acontece na Nicarágua, em Guiné e em Mali.

     
  1. Dez de junho de 2015 às 23:Cinquenta e oito
  2.  
  3. Ela é embaixadora da Boa Desejo pelo Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento
  4.  
  5. 10 de fevereiro de 2014 às 15:08
  6.  
  7. Ricardo Aparecido Gonçalves falou
  8.  
  9. FIGURAÇÃO MORTAL
  10.  
  11. 3-Demonstrou na tua família, um imenso carinho, intercedendo por todos. Josué 2. 12-13

Em Mali, aliás, a mulher necessita esperar 3 meses pra se casar depois do divórcio ou falecimento do marido. Neste momento os homens conseguem se casar outra vez no momento em que quiserem. No Japão, esse espaço obrigatório entre um casamento e outro é de 6 meses. Por expor em divórcio, em alguns lugares, como Israel, esse direito é garantido só aos homens.


Na Argélia elas até são capazes de requisitar a separação, desde que paguem uma grana a eles. Existem até constituições que definem quais empregos uma mulher poderá ou não aceitar. Pela China, elas não podem trabalhar pela mineração - é proibido a elas fazer muito empenho físico. A Rússia tem uma listagem com 456 tipos de trabalho que as mulheres não podem fazer, também ligados à perícia física. Em Madagascar, as mulheres não podem trabalhar à noite, só em “estabelecimentos familiares”. “Crimes de honra” são aqueles efetuados pra “limpar a honra” de um homem traído.


Pode até parecer uma coisa medieval, todavia ainda existe - e com pena relativamente branda em alguns países. Pela Síria, um homem que mata a sua esposa, mãe ou irmã por ter descoberto um “ato ilícito” ou imoral pode pegar, no máximo, sete anos de prisão. No Egito, homens recebem penas pequenos quando os assassinatos são na honra do que por qualquer outro crime preocupante.

(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...